EPISÓDIO 30 – A TARTARUGA E A LEBRE

O orgulho vem antes da destruição; o espírito altivo, antes da queda.

Provérbios 16:18

A vaidosa e ágil lebre, Max Hare, desafia a ingênua e passiva tartaruga, Toby, primeiramente para uma grande corrida a céu aberto e depois para defender um título mundial de boxe, porém nem sempre o resultado do cálculo é exato.

O Filme “The Tortoise and the Hare” (1935) possui uma nota de 7,2 no IMDB e uma audiência de 80% no Rotten Tomatoes, enquanto que o “Toby Tortoise Returns” possui apenas uma nota de 6,8 no IMDB.

A estória da lebre Max e da tartaruga Toby foi inspirada e adaptada por Larry Clemmons no pai das fábulas gregas, Esopo.

O Longa-metragem “A Tartaruga e a Lebre” venceu no ano de 1935 o Oscar de melhor Curta-metragem de Animação. Esse foi o único prêmio e indicação recebido pelo filme.

Vários animadores da Warner Bros. admitiram que o Max Hare foi uma inspiração direta para a criação da personalidade da personagem Pernalonga.

O curta-metragem também deu origem a uma versão cinematográfica “Tartaruga Vence o Coelho” de 1941, porém desta vez contando com o Pernalonga interpretando o papel do coelho.

A personalidade da lebre Max Hare fora inspirada na história do pugilista campeão dos pesos pesados do anos 30 do século passado Max Baer que também foi adaptada para o cinema no longa-metragem indicado a três Oscars, interpretado por Russell Crowe, “A Luta pela Esperança” de 2005 e também no longa-metragem “O Último Cruzado de Direita de Max Baer” de 2006.

Os dois curtas-metragens analisados neste programa fazem parte da série “Silly Symphonies” ou “Sinfonias Bobas”, que fora lançada pela Disney entre os anos de 1929 e 1939. Neste intervalo de tempo foram produzidas um total de 75 curtas-metragens aos quais sete desses venceram Oscars na categoria de melhor Curta-metragem de Animação.

As personagens de outros desenhos animados da “Sinfonias Bobas” apareceram na plateia na luta entre Max e Toby. Jenny Wren e o pássaro Harpo Marx de “A Flecha do Amor” de (1935), e Practical Pig de “Os Três Porquinhos” de (1933), Dirty Bill de “O Gatinho Malvadeza” de (1935), Elmer e Tillie de “O Elefante Elmer” de (1936), e Fifer Pig, Fiddler Pig, e o Lobo Mau de “Os Três Porquinhos” de (1933). Pateta, o Pato Donald e Horace Coleira de Cavalo também aparecem.

O nosso host, Thiago Leão, acredita que a personagem Toby Flenderson foi inspirado na personagem Toby Tortoise dada a forma de falar, de vestir e o semblante facial de ambos as personagens.

PRÊMIOS E INDICAÇÕES

Vencedor

OSCAR (1935)

Melhor Curta-metragem de Animação

Nota geral:

 

Mais sobre:

 

Nos encontraremos novamente em quinze dias.

Até mais.

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer