EPISÓDIO XXVII – UM SONHO DE LIBERDADE

Muitos homens iniciaram uma nova era na sua vida a partir da leitura de um livro.

Henry David Thoreau

Em 1947 um poderoso banqueiro Andy Dufresne, que fora interpretado pelo ator Tim Robbins, fora preso e condenado a prisão perpétua depois do brutal assassinato da esposa e do amante. No presídio ele conhece inúmeros presos, mas acaba fazendo amizade com um presidiário veterano Ellis mais conhecido como “Red“, que fora interpretado por Morgan Freeman, e que ao longo dos anos passam a trocar inúmeros conhecimentos e memórias. Entretanto, será que eles devem mesmo morrer encerrados naquele lugar?

O Filme “The Shawshank Redemption” (1994) possui uma nota de 9,2 no IMDB e uma audiência de 98 % no Rotten Tomatoes. Este longa-metragem é o 1º filme na lista de filmes mais bem avaliados pelos usuários do site IMDB de todos os tempos.

O longa-metragem foi uma adaptação de Frank Darabont, que também dirigiu o filme, do romance “Rita Hayworth and Shawshank Redemption” do autor Stephen King que fora lançado no ano de 1982.

O título do romance de Stephen King, “Rita Hayworth e a Redenção de Shawshank”, não foi usado porque havia uma percepção em Hollywood de que o filme seria na verdade uma cinebiografia de Rita Hayworth.

Apesar de ser considerado pelos usuários do IMDB e Rotten Tomatoes um dos maiores filmes de todos os tempos, o longa-metragem não recebeu nenhum Oscar, embora tenha sido indicado a sete, incluindo o de Melhor Filme.

Os atores Clint Eastwood, Harrison Ford, Paul Newman, Gene Hackman, Robert Redford e Robert Duvall foram considerados para interpretar o papel de Red. No romance original, Red é um irlandês branco de meia-idade com cabelos ruivos e grisalhos. No entanto, Frank Darabont sempre teve Morgan Freeman em mente para o papel, por causa de sua presença autoritária, comportamento e voz profunda. A resposta de Red, “Talvez seja porque eu sou irlandês”, à pergunta de Andy sobre seu apelido foi mantida no filme como uma piada.

Stephen King nunca descontou o cheque de US$ 5.000 recebido pelos direitos do filme. Vários anos depois de o filme ter sido lançado, King conseguiu emoldurar o cheque e o enviou de volta para Frank Darabont com um bilhete escrito “Caso você precise de dinheiro para pagar a fiança. Com amor, Steve.”

O papel de Andy Dufresne foi originalmente oferecido a Tom Hanks, que não aceitou devido a conflitos de agenda com “Forrest Gump: O Contador de Histórias” (1994). Hanks, no entanto, trabalhou no próximo filme de Frank Darabont, “À Espera de um Milagre” (1999), que também uma adaptação de um romance de Stephen King e que também se passa em uma prisão.

Apesar de Red, muitas vezes ser visto com maços de cigarros, ele entrega maços para Heywood, Brooks Hatlen e Laundry Leonard, porém ele nunca fora visto fumando no filme.

Tim Robbins e Morgan Freeman posteriormente ganharam o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante pelos filmes dirigidos por Clint Eastwood: “Sobre Meninos e Lobos (2003)” e “Menina de Ouro (2004)” respectivamente.

A receita bruta do filme de US$ 18 milhões não conseguiu nem cobrir o custo de sua produção, porém ele ainda arrecadou mais US$ 10 milhões após sua indicação ao Oscar, entretanto o filme ainda foi considerado um fracasso de bilheteria. Morgan Freeman citou o nome “difícil” do filme como a principal razão para isso, porque naquela época, quando não havia internet para divulgar, o boca a boca desempenhava um papel muito maior no sucesso de qualquer filme do que nos dias atuais.

PRÊMIOS E INDICAÇÕES

Vencedor

SOCIEDADE AMERICANA DE CINEMATOGRAFISTAS (1995)

Conquista notável na cinematografia em lançamentos teatrais, Roger Deakins

Indicado

OSCAR (1995)

Melhor Fotografia, Niki Marvin; Melhor Ator, Morgan Freeman; Melhor Roteiro Adaptado, Frank Darabont; Melhor Cinematografia, Roger Deakins; Melhor Sonografia, Robert J. Litt, Elliot Tyson, Michael HerbickWillie D. Burton; Melhor Edição, Richard Francis-Bruce; e Melhor Trilha Sonora, Thomas Newman.

e recebeu mais outros vinte prêmios e mais trinta e seis indicações.

 

Nota geral:

 

Mais sobre:

Nos encontraremos novamente em quinze dias.

Até mais.

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer