EPISÓDIO XIII – A ESTRADA

Os infelizes tinham caminhado o dia inteiro, estavam cansados e famintos.

Graciliano Ramos

Em um mundo pós-apocalíptico, muitos anos após um evento cataclísmico, que deixou o planeta terra quase inabitável, cinza, à medida que as coisas morriam, um homem, que é interpretado por Viggo Mortensen, e o filho pré-adolescente, que é interpretado por Kodi Smit-McPhee, que nasceu após o catastrófico evento, estão vagando, planejando caminhar até o litoral e seguir para o sul, onde eles anseiam que haja um ambiente menos insalubre para sobreviver. O pai ensinou ao filho que eles são as “pessoas boas” que possuem um fogo dentro dos corações deles, o que significa que eles não recorrerão ao canibalismo para sobreviver, assim como os demais seres humanos que vivem em bandos. O Pai então carrega uma pistola com apenas duas balas, uma senão houver mais esperança para o filho e outra, para encerrar de uma vez por todas o próprio desespero.
O Longa-metragem possui nota de 7,2 no IMDB e uma audiência de 6,8% no Rotten Tomatoes.

O filme foi adaptado do romance homônimo do ano de (2006) que foi vencedor do prêmio Pulitzer de Ficção no ano seguinte e que fora escrito pelo notório escritor norte-americano Cormac McCarthy que também é conhecido por ter escrito Todos os belos cavalos (1992) e Onde os Velhos Não Têm Vez (2005) entre outros livros que também foram adaptados para o cinema.

Para interpretar o papel no longa-metragem, Viggo Mortensen dormiu com as próprias roupas e deliberadamente passaria fome. A certa altura, ele foi expulso de uma loja em Pittsburgh, porque pensaram que ele era um sem-teto.

Viggo Mortensen e Kodi Smit-McPhee relataram que comeram grilos para ajudá-los a entrar nas personagens.

Viggo Mortensen quase recusou o papel no longa-metragem, pois havia planejado dar uma pausa no trabalho no cinema. Depois de completar seu trabalho como Pai, Mortensen tirou cerca de dois anos sem atuar.

A causa da catástrofe global nunca é especificada. Enquanto que o livro e o filme sugerem duas explicações, uma guerra nuclear mundial ou um ataque massivo na Terra por objetos espaciais, os cineastas não desejavam fazer o filme sobre a culpa das personagens, ou a falta dela, pela situação e manteve o foco em como Pai e o Filho tentariam sobreviver no cenário pós-apocalíptico.

Nos flashbacks, um guia de viagem à Nova Zelândia é exibido com destaque entre as coisas do Pai e da Esposa. Isso provavelmente fora uma discreta referência ao papel mais famoso de Viggo Mortensen na trilogia “O Senhor dos Anéis”.

PRÊMIOS E INDICAÇÕES 

Venceu

AMAZONAS FILM FESTIVAL (2009)

Melhor Filme, John Hillcoat

PRÊMIO DA SOCIEDADE DE CRÍTICOS DE SAN DIEGO (2009)

Melhor Cinematografia, Javier Aguirresarobe

Indicado

BAFTA (2010)

Melhor Cinematografia, Javier Aguirresarobe

Entre tantos outros, cinco prêmios e trinta e quatro indicações.

 

Nota geral:

 

Mais sobre:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nos encontraremos novamente em quinze dias.

Até mais.

 

 

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer