EPISÓDIO 46 – O SOM DO SILÊNCIO

Sussurro sem som, onde a gente lembra
do que nunca soube.

Guimarães Rosa

Durante uma série de shows cheios de adrenalina, o baterista de de uma banda underground, o Ruben, que fora interpretado por Riz Ahmed, enquanto está em turnê com a vocalista/namorada dele, a Lou, que fora interpretada por Olivia Cooke, começa a sentir uma progressiva perda auditiva. À medida que o problema se agrava, o baterista relutantemente aceita se juntar a uma pequena comunidade de surdos supervisionada por Joe, que fora interpretado por Paul Raci, um veterano amargurado da Guerra do Vietnã. Desta forma Ruben precisará escolher entre o caos sonoro ou o silêncio ensurdecedor.

O Filme “O Som do Silêncio” (2019) possui uma audiência de 90% no Rotten Tomatoes e uma nota de 7,7 no IMDB.

O enredo e as personagens principais são baseados no filme documental inacabado de Derek Cianfrance “Metalhead”, no qual o baterista de uma dupla de heavy metal estoura os próprios tímpanos e deve aprender a se adaptar a um mundo de silêncio.

O filme de Cianfrance estava em pós-produção desde 2009, e é estrelado pelos membros da banda de Jucifer e pelo casal na vida real Edgar Livengood e Gazelle Amber Valentine interpretando a si mesmos. Darius Marder foi um dos roteiristas de “O Lugar Onde Tudo Termina” (2012), de Derek Cianfrance. Marder foi pessoalmente convidado por Cianfrance para re-trabalhar “Metalhead” desde o início, além de dar sua bênção.

A estréia na direção de Darius Marder.

Embora a transmissão do filme no Amazon Prime permita desativar as legendas, os cineastas pretendiam que as legendas ficassem ativadas durante todo o filme, e assim que foi exibido em festivais de cinema. Eles queriam trazer as pessoas ouvintes para a experiência daqueles que são surdos ou com uma deficiência auditiva que também exigiriam legendas para qualquer filme ou programa de TV.

A tatuagem no peito de Ruben, “Please Kill Me”, é uma referência ao Richard Hell que fora baixista da banda punk Television nos anos 70.

O ator Paul Raci, que interpreta Joe, o fundador da clínica de reabilitação de surdos, não é realmente surdo, porém os pais dele eram. Desta forma ele é uma figura de destaque na comunidade surda e integrante do Hands of Doom, banda que se apresenta em ASL, Linguagem de Sinais Americana.

Durante as cenas em que Ruben está lutando para conciliar sua perda auditiva, o ator Riz Ahmed usava bloqueadores auditivos no fundo do canal auditivo que emitiam ruído branco. Ele disse ao USA Today “Eu não conseguia ouvir nada, incluindo o som da minha própria voz”. Depois de algum tempo, ele decidiu renunciar aos bloqueadores de som e simplesmente mergulhar na cultura surda, comunicando-se com o diretor e o elenco surdo quase exclusivamente através da Linguagem de Sinais.

Riz Ahmed passou seis meses aprendendo a tocar bateria para este filme.

A Atriz Olivia Cooke escreveu a música interpretada por seu personagem Lou e Ruben, Riz Ahmed, na cena de abertura do filme.

As cenas de Ruben, Riz Ahmed, tocando e ensinando bateria com as crianças surdas não foram roteirizadas.

PRÊMIOS E INDICAÇÕES

 

Nota geral:

Mais sobre:

Nos encontraremos novamente em quinze dias.

Até mais.

 

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer