EPISÓDIO 45 – ALIEN O OITAVO PASSAGEIRO

Eu acredito que a vida alienígena é muito comum no universo, embora a vida inteligência seja menos comum. Alguns dizem que ela ainda precisa aparecer na Terra.

Stephen Hawking

Em um futuro desconhecido, a tripulação da espaçonave comercial Nostromo está a caminho de casa quando recebe um pedido de socorro de uma lua distante. Desta forma a nave é obrigada a averiguar o que ocorreu na lua inóspita. Após um pouso difícil, três membros da tripulação deixam a espaçonave para explorar a área na lua. Ao mesmo tempo em que encontram com “ovos” de uma criatura desconhecida, o computador da nave decifra a mensagem como um aviso e não um pedido de socorro. Quando um dos ovos é perturbado, a tripulação percebe que não está sozinha na espaçonave e que precisa lidar com as consequências.

O longa-metragem “Alien” de 1979 possui uma audiência de 94% no Rotten Tomatoes, uma nota de 8,5 no IMDB esse é o 51º filme mais bem avaliado da plataforma.

O sucesso de Alien gerou até o momento três sequências de filmes: “Aliens, O Resgate” (1986), “Alien 3” (1992), “Alien Resurrection” (1997), duas prequelas “Prometheus” (2012) e “Alien: Covenant” (2017), além de dois spin-offs “Alien vs. Predator” (2004), e “Aliens vs Predator – Requiem” (2007). “Aliens, O Resgate” (1986), “Alien 3” (1992) e “Alien Resurrection” (1997) continuam a estória de Ellen Ripley, que fora interpretada por Sigourney Weaver. “Prometheus” (2012) se passa 30 anos antes de “Alien” (1979), mas não apresenta nenhum dos mesmos personagens. “Alien: Covenant” (2017) se passa 10 anos após “Prometheus” (2012) e 20 anos antes de “Alien” (1979).

Harrison Ford recusou o papel do Capitão Dallas.

De acordo com o ator Yaphet Kotto, Sir Ridley Scott disse a ele para irritar Sigourney Weaver fora das câmeras, para que houvesse uma tensão genuína entre as personagens. Kotto lamentou isso, porque ele realmente gostava de Weaver.

Sir Ridley Scott cita três filmes como influências deste longa-metragem: “Star Wars: Episódio IV – Uma Nova Esperança” (1977), “2001: Uma Odisséia no Espaço” (1968) e “O Massacre da Serra Elétrica” (1974).

Foi Ron Cobb quem teve a ideia de que o Alien deveria sangrar ácido. Isso aconteceu quando Dan O’Bannon empacou com o roteiro de como as personagem lidarem com isso durante o filme. Ele precisava de uma boa razão para os membros da tripulação não apenas atirarem na coisa e matá-la, mas ainda não torná-la um monstro indestrutível que não pudesse ser morto. O sangue ácido foi a solução para esse problema.

O Alien nunca é filmado diretamente de frente para a câmera devido às características humanoides do rosto dele. Sir Ridley Scott, determinado a dissipar qualquer noção de um homem em um traje de borracha, filmou a fera em vários ângulos de close-up de seu perfil medonho, raramente capturando a fera em sua totalidade.

Estima-se que o longa-metragem possuiu o orçamento de USD$ 11 milhões e um faturamento mundial de mais de USD$ 106 milhões.

PRÊMIOS E INDICAÇÕES

 

VENCEDOR

OSCAR (1980)

Melhor Efeitos Especiais, H.R. Giger, Carlo Rambaldi, Brian Johnson, Nick Allder e Dennis Ayling.

INDICADO

OSCAR (1980)

Melhor Direção de Arte e Decoração de Set, Michael Seymour, Leslie Dilley, Roger Christian e Ian Whittaker.

e mais dezessete prêmios e vinte e uma indicações.

 

Nota geral:

Mais sobre:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nos encontraremos novamente em quinze dias.

Até mais.

 

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer